55 ( 45 ) 3572-5828 - ramal 153
     comercial@alextravel.com.br

 

Veja ! + Ofertas

Hotel Solar Tropical Foz do Iguaçu
Hotel Souzamar Centro Foz do Iguaçu

Hotel Paraiso das Aguas Foz do Iguaçu

Hotel Souzamar Ponte Foz do Iguaçu
como Fazer Boas Compras em Foz do Iguaçu

O centro comercial de Ciudad del Este, no Paraguai, já chegou a ser o segundo maior do mundo em negócios nos anos 90. Ali se pode comprar produtos do mundo inteiro, a preços interessantes.

Hoje, porém, algumas coisas mudaram na região. A começar pela cota de importação estipulada pela Receita Federal, de 350 dólares por pessoa, que afastou parte dos chamados sacoleiros. Quem gasta acima disso tem de recolher impostos sobre o valor excedente. Entretanto, fazer compras na fronteira continua sendo um ótimo negócio, desde que se sigam alguns conselhos importantes.

Por exemplo, todo cuidado é pouco com os camelôs. Embora atraentes pelos preços módicos, os ambulantes costumam vender produtos falsificados. As grandes lojas de departamento e shoppings tradicionais cobram um pouco mais caro, mas trabalham com mercadorias originais que chegam às prateleiras como verdadeiras pechinchas graças aos baixos impostos cobrados pelo governo paraguaio.

Outra dica é sempre levar dólares para fazer compras fora do Brasil, pois os preços dos artigos importados são geralmente fixados com base na moeda norte-americana. Além disso, as casas de câmbio dos países vizinhos praticam cotações desvantajosas e o risco de trocar dinheiro na rua, com cambistas, é altíssimo. Já os cartões de crédito andam em desuso. Poucas lojas os aceitam, e, nestes casos, cobram taxas consideráveis, por causa da transação internacional.

Mais uma precaução a ser observada é testar o produto escolhido antes de fechar negócio. Afinal, uma eventual troca é praticamente impossível para quem mora longe de Foz. E, ao se certificar do funcionamento da mercadoria, esteja atento se o vendedor embala e lhe entrega o mesmo artigo selecionado ou algum similar não testado.

Por fim, não deixe para fazer compras no domingo, dia em que praticamente todas as lojas da fronteira estão fechadas. Se esta for a sua única data livre, vá à Casa Americana, única a abrir as portas.

Destino secundário da região, mas não menos interessante, é a pacata cidade argentina de Puerto Iguazú, que abriga um comércio familiar que aspirava prosperidade até a crise cambial que levou a Argentina à bancarrota. Atualmente, a recuperação da economia local é visível, fazendo da cidade um bom lugar de compras para quem busca vinhos e roupas. Para chegar lá, é necessário apresentar a carteira de identidade ou passaporte na aduana.

 
Alex Travel